04 março, 2010

Farfarella

estava na beirada da varanda,os pés descalsos e feios como sempre. Bem na pontinha da varanda. Mais um passo e morria. De repente pulava e antesde atingir o chão,abria grandes asas de borboletas e pairava no ar.
Acordou.
Aquela era sua vida real,sem asas. Foi até o banheiro e olhou os calombos que surgiram nas omoplatas,se continuassem iria procurar um medico. Tomou banho e se trocou,desde que conseguira a maior idade sumiu de casa. No fundo achava que a mãe nunca se ligaria que ela cresceu. E por isso não queria ter filhos, Não queria dar o desgosto que teve.
Ele ainda dormia na cama. Mas "ele" quem? Nao era seu marido,nem seu irmão,namoravam desde sei la quando,porque entendiam as manias e necessidades um do outro,ou figiam que nao entendiam,mas juntaram suas solidões.
Se arrumou pra outro dia. Faculdade,trabalho. Essa era sua história. Só mais um dia normal.
isso não é um conto de fadas,nem uma tragédia.É só a vida.
e chegou em casa depois do dia longo, telefonemas,agendamentos,aulas.
tomou banho,postou-se ainda nua na varanda de casa. Pulou.


antes de chegar ao chão os calombos se romperam numa dor horrivel,a borboleta saindo do cazulo,abriu suas asas coloridas. E voou.
escondeu do namorado. quando ele veio com carinhos,conseguiu manter as asas escondidinhas,despiu-se pra ele torcendo pra que nao tivesse visto,mas quando deu por si,fazia amor no ar. E ficou com medo,caiu. Ele Entao abriu suas asas,com muitas penas,grandes e brancas e disse:
- vem,vem comigo.

7 comentários:

Desabafando disse...

Sabe que ao ler levei um susto? Imaginando um suicídio? Que bom que era só uma transformação em borboleta.

Leandro blogger disse...

Trasnformação sabe que as vezes tenho medo dessa palavra rsrs,
Ja borboletas eu adoro...
Adoro seus textos eles são assim diferentes , tem uma leve mistura de tudo.
Eu fico assim perplexo...rsrs.

Amiga do Cafa ( Celamar ) disse...

Borboleta significa liberdade. Beleza.

bj

Bahh Grou. disse...

E às vezes a gente descobre que de repente tudo pode se transformar, até o muito-conveniente da vida de repente torna-se fundamental.
Adorei.
:*

Flavih Jones disse...

Estou entrando nessa fase de transformação, espero q seja para uma borboleta. rs

Beijooo

Flávia Souza disse...

nossa, pensei mil coisas qd tava lendo!! mas que final arrebatador!

  S.S. Brunna disse...

No inicio me assustei, mas ao término da leitura; amei!
Beijos