16 novembro, 2009

a musica sem refrão.

incompleta.
É a dor que a tua ausencia faz.
a sua falta,seu vazio,presente em todos os lugares.
Eu nunca aprendi a amar outra pessoa.
De alguma forma,me prender a você me dava liberdade.
Era o seu amor que me guiava.
agora,eu me perdi.
Como na cova onde jaz seu corpo.
o abismo do qual despenco é frio.
E não adianta dizer que enquanto os refrões não forem cantados eu te espero,porque não é verdade.
Você não virá.
sobrou a flor no meu dedo.
sobrou o mar dos meus olhos,verdes,molhados e salgados.
sobrou um muito de sentimento.
e ainda depois de 2 meses,
sua musica ecoa em mim.

7 comentários:

Fabi Celso disse...

é dificil uma perda, concerteza, mas é preciso seguir em frente! foca a tua vida em outras coisas que n te levem a essas lembranças
:*

Tah disse...

A perda de alguém machuca muito, não sabemos o que fazer com os dias que parecem mais longos, não conseguimos evitar as pequenas coisas que nos fazem lembrar de tudo, o tempo passa e parece que foi logo ontem a fatalidade, mas não importa o tempo que demore a dor vai passar e vai ficar a saudade pois "saudade é o amor que fica" e o amor que um dia vc dedicou a esse alguém ficou em vc e neste alguém permanecera eternamente...

Siga sempre em frente é o melhor que poderemos fazer sempre...
Forças...

bjo

Angélica Lins disse...

Perdemos apenas o que não guardamos dentro da gente...

Tem novo selo do vórtice para você, passa lá.
Imenso abraço!

Amiga do Cafa ( Celamar ) disse...

É preciso viver o vazio...não tem jeito. É parte da perda.
Beijo

sblogonoff café disse...

Milhões de músicas são compostas por dia e tudo isso combinando apenas 7 notas musicais.
A gente não ouve a mesma música pela ausência do outro, mas é por quem somos sem o outro.
Todo o trabalho e o reajuste é nosso. O tempo se encarrega disso e eu sei que um monte de gente já lhe deu essas palavras. Mas eu tô aqui repetindo, porque eu sei que algum dia a música não ecoará em você. Não porque não faz mais diferença, mas porque você mudou seu jeito de ouvir.
Eu sempre fui muito radical com meu gosto musical e achei que nunca ia gostar de ouvir outra melodia, até que um dia me peguei solfejando uma canção diferente!!
;P

meus instantes e momentos disse...

bonito de ler, triste de escrever.
Gostei daqui
Maurizio

Anônimo disse...

olha as musicas que falam de amor e perdas sao uma dor de cutovelo.musica sem refrao nao e um erro eu faco musicas sem refroes e ficam boas pra carai,claro so de ser rock ja ta bom de mais!