12 julho, 2008

engolir

e ele disse
sem medo nenhum
lhe disse a verdade
a alma dela enrraiveceu
o coração a mil
ela tento grita
sufocou-se o grito
veio na ponta da lingua o chingamento
voltou pelo mesmo caminho
ela sentiu o gosto amargo das proprias palavras

engoliu em seco.
não negou,não concordou
não disse nada.
ficou estatica.
atonita.
a quem via,parecia calma
dificil é ler embaixo da pele,
dos olhos brilhantes.

ela sorriu,
não rufem os tambores,
ela partiu

4 comentários:

sblogonoff café disse...

O que é mais difícil, dizer a verdade ou conter a raiva?

Eu acho tudo difícil, mas sei que o dano é menor se eu engolir as palvras do impulso.

Depois, quem sabe, eu não consiga transforma-las em outra coisa, antes que elas me causem, sei lá, uma gastrite?!

Ou quem sabe a força das verdades que a gente tem pra dizer tenham a força de mil newtons, um soco no estômago.

O que é mais difícil?

Tiffany disse...

fico te devendo essa, estou com muito sono, e se eu ler vou fazer um comentário mais inutil que esse!

obrigada por ter passado lá ;D

camila disse...

caraa
ameei esse post
bem criativo
by:
http://imensidadx3.blogspot.com

João Gabriel disse...

Moça, sempre leio tuas postagens, por isso vou adicioná-la às minhas recomendações de Blogs...
Identifico-me com as frases que você seleciona.
Abrações!