23 janeiro, 2012

enlace

ha um laço no meu sapato,
na minha bolsa,no seu cadarço.
Há um homem com quem me enlaço,
Há um laço no meu cabelo,
cuidado enquanto o solta,
nó cego não desenrola.
Ha um laço no meu dedo,
pra não esquecer que eu te adoro

6 comentários:

Darlan disse...

e coisa assim não se esquece mesmo, marca na pele, crava no pensamento.

Reis disse...

O traço da tua escrita// revela o amor que tua alma grita.

silvioafonso disse...

.


Blog suave e gostoso.
Vou segui-lo, mas es-
pero que ele siga o
meu...

silvioafonso






.

Apenas eu disse...

Muito legal. Poema simples cheio de significados e analogias. Legal mesmo, parabéns.

marinanolasco disse...

Nossa essa é a verdadeira poesia, mto bom! :*

A VIDA É UM ETERNO APRENDIZADO disse...

Olá!
Foi um grande prazer conhecer seu blog.Aproveito meu tempo para navegar e ler textos e poemas feitos por pessoas que gostam de escrever.
Que bom que você é uma delas.
Grande abraço
se cuida